123

Execução dos trabalhos de restauro / CMM

 

No seguimento dos trabalhos de conservação e restauro que estão a ser efetuados em dois altares da Igreja Matriz de Monforte (Igreja de Santa Maria da Graça), está a decorrer mais uma das intervenções preparadas para receber alunos de vários anos do curso de conservação e restauro da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Nesta fase, que se iniciou no dia 23 de janeiro, prevendo-se que terminará dia 23 de fevereiro, são 11 os estagiários que, em contexto de estágios voluntários, se disponibilizaram para, assim, aplicar conhecimentos adquiridos.

As intervenções estão a ser realizadas sob a coordenação de Patrícia Cutileiro, conservadora/restauradora da Câmara Municipal de Monforte, no âmbito de um protocolo celebrado entre a autarquia e a paróquia local, contando, ainda, com a colaboração da Santa Casa da Misericórdia de Monforte que fornece a alimentação aos estagiários.

Relativamente aos trabalhos que estão a ser executados, o retábulo em talha dourada/policromia, que data do terceiro quartel do século XVIII, do altar da Nossa Senhora do Parto está a ser alvo de intervenção de conservação e restauro de forma a restituir a sua leitura original, procedendo a limpezas mecânicas e químicas para remover as tintas que cobrem a folha de ouro e, posteriormente, fixações pontuais de policromia/ouro em destacamento. No altar do Sagrado Coração de Jesus, em alvenaria com pintura decorativa a fresco (escaiolas – marmoreados), de finais do século XVIII, a intervenção é ao nível da conservação de modo a recuperar o máximo possível da pintura decorativa original, através da remoção mecânica de vestígios de cal e tintas que a cobrem.