A Câmara Municipal de Évora, em parceria com outras entidades locais e regionais, está a preparar a candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027.

O centro histórico de Évora comemorou recentemente em 2016 o 30.º aniversário da classificação como Património Mundial, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). Por isso, a autarquia encara este processo com otimismo, apesar da sua complexidade.

O estudo da candidatura é coordenado pelo município e conta com a colaboração da Entidade Regional de Turismo do Alentejo/Ribatejo, da Universidade de Évora, da Direção Regional de Cultura do Alentejo, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo e da Fundação Eugénio de Almeida.

O Município de Évora pretende alargar a discussão aos agentes culturais, envolvendo-os e fazer de todas as etapas do processo de candidatura uma oportunidade para aprofundar a estratégia de longo prazo para a cultura e para a cidade.

A decisão deverá ser conhecida em 2020.