Terminou hoje o Encontro Nacional de Entidades Gestoras de Água e Saneamento – o ENEG 2017, que decorreu em Évora desde o dia 21 de novembro. Este encontro é uma iniciativa bienal da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas.

A pertinência da temática principal do ENEG 2017 – «As Oportunidades no setor da Água, os Grandes Desafios Atuais e as Alterações Climáticas» – ganha este ano uma dimensão especial, devido à situação de seca vivida em Portugal. Está na ordem do dia a procura de respostas para este grave problema, que acentua as vulnerabilidades existentes no setor da água e em todas as atividades com ele relacionadas.

O evento teve um grande foco nos riscos e consequências das alterações climáticas sobre a gestão dos recursos hídricos e da indústria da água, destacando-se o papel determinante das Entidades Gestoras dos Serviços de Águas e Saneamento, no encontrar das estratégias necessárias para as definir e aplicar. 

O ENEG 2017 foi um verdadeiro ponto de encontro do setor da água. Centenas participantes tiveram oportunidade de acompanhar durante estes quatro dias mais de 170 comunicações técnicas, dezenas de oradores qualificados em palestras e mesas redondas, para além de terem podido visitar os cerca de 50 stands no espaço de exposição.