A Junta da União das Freguesias de Charneca de Caparica e Sobreda (Almada) foi recentemente contactada por diversos munícipes informando que a agência bancária da Caixa Geral de Depósitos (CGD) de Sobreda estaria para encerrar brevemente, segundo notificação informal da agência local.

A informação não foi desmentida até ao momento, o que suscitou um ofício da parte da Junta de Freguesia dirigido à administração da CGD, relembrando que a abertura da agência resultou de uma reivindicação da população e que é uma das agências mais movimentadas no município de Almada.

Não há muito tempo, a única agência da CGD em Constância, divulgou a redução do seu horário de funcionamento, apenas das 8h30 às 12h30. Além da redução do horário estão previstos despedimentos, situação que a presidente do Município considerou «inaceitável».

António Domingues, ex-presidente da CGD, revelou na Assembleia da República que o plano de reestruturação da CDG implicava a diminuição de 2200 trabalhadores até 2020. Tudo parece indicar que a reestruturação da CGD passa pela redução de trabalhadores e de balcões.